Como Usar O FGTS Para Comprar Tua Residência Própria 1

Como Usar O FGTS Para Comprar Tua Residência Própria

Como Usar O FGTS Para Comprar Tua Residência Própria 2

Como Obter Imóvel Em Portugal

Porta de entrada para a Europa pra diversos brasileiros, Portugual atrai por belas paisagens, agradável vinho e na própria língua portuguesa. Para que pessoas deseja comprar um imóvel em Lisboa, Porto ou Algarve, pra referir as cidades mais procuradas, o método é similar ao brasileiro. Ademais, comprar um imóvel que tenha sido construído há mais de 30 anos e que tenha um valor acima de 350 1 mil euros no estado apresenta ainda o certo à Autorização de Casa Especial para Investimento (ARI).

clique neste site , assim como denominado como “Visto Gold”, permite a livre circulação pelos países da União Europeia. A escolha do imóvel que se deseja adquirir em Portugal pode ser feita pela internet, em web sites como o Casa Sapo ou o Imovirtual. A quantidade de quartos é instituída pela letra T seguida de um número.

T0, como por exemplo, se refere a um studio ou kitnet. Agora T2 aponta um imóvel com dois quartos. Especialista em contratos internacionais, o advogado Marcelo Godke, do Godke, Silva & Rocha Advogados, admite que o procedimento poderá ser feito diretamente pelos interessados. Contudo, um auxílio profissional pode descomplicar o recurso: “O sistema jurídico de Portugal é semelhante com o nosso, bastante burocrático”, diz.

Escolhido o imóvel, o passo seguinte é oferta única , que será responsável por pagamento dos impostos referentes à transação. Portugal exige que donos de imóveis ou seus representantes tenham domicílio no estado ou em algumas nações da União Europeia. Desta forma, o cliente residente no Brasil deve ser representado por alguém ou empresa local, como um procurador ou um escritório de advogados, por exemplo.

É desta pessoa ou entidade que o fisco português cobrará os impostos referentes à manutenção da posse. A compra pode ser consumada por escritura pública ou a começar por um advogado particular. Seja qual for a escolha, o contrato necessita ser inscrito em um cartório de notas no povo. O gasto total da transação, incluindo impostos, podes variar entre 10% e 15% do valor do imóvel.

  • Remuneração líquida dos ativos (fundos DI) – 11% ao ano
  • Observe se as torneiras estão bem vedadas ou se estão com vazamento
  • 16 . Um – Ela é credenciada ao Creci
  • Certidão da Justiça Federal: online no Fórum da Justiça Federal por aqui
  • Casas de Banho: Dois

Além disso, há um imposto predial anual de 0,4% sobre o valor da posse, similar ao IPTU brasileiro. Para facilitar a compra de imóveis, existe em Portugal o chamado Balcão Residência Pronta, um serviço oferecido dentro dos postos de um órgão público chamado Conservatória do Registro Predial. Por meio deste serviço é possível fazer todas as operações necessárias para celebrar o contrato de compra e venda.

O blog Balcão Moradia Pronta mostra a localização desses postos. Pessoa Jurídica: – Documentos ou certidões que comprovem a constituição e existência da pessoa jurídica, emitidos há menos de um ano. dê uma espiada neste web-site. o vendedor, Certidão de Registro Predial: traz informações sobre a área e a estrutura do imóvel, além de dicas sobre o assunto quem é o titular e eventuais dívidas da propriedade, como hipoteca ou penhora, tendo como exemplo.

< clique neste site =”font-weight: 800;”>O documento deve ser solicitado em Portugal nas conservatórias. Pro vendedor, Caderneta Predial: documento solicitado próximo a outro órgão público, o Serviço de Finanças, que informa a circunstância fiscal do imóvel. Licença de Utilização: Informa a que exercício se destina o imóvel e atesta que ele está habilitado pra instituído término.

O documento tem que ser solicitado pela Câmara Municipal da cidade em que a domínio está localizada. Para o vendedor, Ficha Técnica de Habitação: Descreve as principais características do imóvel. Certificado Energético: Documento emitido pela agência de energia de Portugal e mostrado pelo proprietário do imóvel no ato da celebração do contrato de compra e venda.